terça-feira, 15 de julho de 2014

Grupo G - Alemanha curta-metragem

kurzfilm, short film, curta-metragem, corto, court
Enfim a Alemanha, a grande campeã da Copa 2014 e responsável pela exposição máxima da fragilidade da seleção brasileira. No futebol os alemães tiveram uma longa preparação e um ressurgimento, assim como no cinema. A grande verdade é que o cinema alemão só voltou a ser projetado mundialmente outra vez com o estrondoso sucesso de Corra Lola, Corra, de Tom Tykwer (1998). Após o filme de Tykwer, o cinema alemão despertou de sua longa hibernação e logo o mundo conheceu excelentes filmes como a tragicomédia Adeus, Lênin!, de Wolfgang Becker (2003); Edukators, de Hans Weingartner (2004); A Queda, de Oliver Hirschbiegel (2004), entre outros. Não dá pra não citar os velhos mestres como Wim Wenders, Volker Schlöndorff e Werner Herzog. Voltando ao passado, impossível deixar de fora o Expressionismo alemão, cujo auge foi na década de 1920, e que tinha como característica a "distorção de cenários e personagens, através da maquiagem, dos recursos de fotografia e de outros mecanismos, com o objetivo de expressar a maneira como os realizadores viam o mundo" (fonte: Wikipédia). Depois desse período, as grandes companhias cinematográficas germânicas foram encampadas pelo Estado. Hitler e Goebbels transformaram o cinema alemão no maior meio de difusão da propaganda nazista, para isso o governo passou a controlar todo o processo de criação. Pra quem tiver interesse em saber mais sobre o cinema da Alemanha, recomendo o artigo da Wikipédia referente ao assunto. Também recomendo uma olhada no Cinema de Buteco que, após a conquista do tetra alemão, listou quatro filmes imperdíveis da filmografia alemã.

kurzfilm, short filme, curta-metragem, corto, court
INOCÊNCIA. Menino diz pra mãe que quer ir embora com o amigo judeu
Sabe como se diz curta-metragem em alemão? É kurzfilm. Não imagina a dificuldade que é achar algum legendado, poucos têm legendas em inglês, em português então, raridade. Mas, tenho a sorte (além de obstinação/obsessão) de achar tesouros nas minhas garimpagens. E eis que a ventura me trouxe este belíssimo curta chamado Spielzeugland (Toyland em inglês), e o melhor: Legendas perfeitas em português! Este breve filme, ambientado na Alemanha Nazista, mostra a forte amizade entre dois garotinhos, o alemão Heinrich  e David, de origem judaica. Ademais de vizinhos, os meninos praticam piano juntos e nem o fato da família de David ser mandada pra um campo de concentração será capaz de romper o laço entre eles. Sem ter como contar a dura realidade, a mãe de Heinrich inventa pro menino que David e sua família irão viajar pra Spielzeugland (em tradução literal significa Terra de brinquedo), o que acaba por piorar a situação, pois se antes Heinrich não queria ficar sem o amigo, agora ele quer ir junto com ele. Com uma montagem não linear, o filme de Jochen Alexander Freydank ganhou Oscar de melhor curta-metragem em 2009. Difícil não se comover com este sensível drama alemão, deveríamos refletir e ser como as crianças, viver sem nos importar com as diferenças.
Spielzeugland


Sinopse
1942: o que acontece quando um garoto alemão acredita que seus vizinhos judeus vão pra Terra dos Brinquedos? Uma história sobre mentiras e culpa.

Gênero Ficção
Diretor Jochen Alexander Freydank
Elenco Julia Jäger, Cedric Eich, Tamay Bulut Özvatan, Torsten Michaelis, Claudia Hübschmann, David C. Bunners, Gregor Weber
Ano 2007
Duração 14min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Alemanha

Nenhum comentário: